• 30 de julho de 2021

SINDICOMERCIÁRIOS TRABALHA PELA MANUTENÇÃO DOS EMPREGOS E DA RENDA PARA ENFRENTAR RESTRIÇÕES DA BANDEIRA PRETA

 SINDICOMERCIÁRIOS TRABALHA PELA MANUTENÇÃO DOS EMPREGOS E DA RENDA PARA ENFRENTAR RESTRIÇÕES DA BANDEIRA PRETA

O modelo de bandeira preta, decretado pelo governador na semana passada, e renovado para a próxima semana (de 7 a 14 de março), é uma resposta a alta gravidade da situação de todo o RS que está com taxas elevadas de contágio e estruturas de saúde em colapso, que geram filas de espera por leitos e UTIs.

Diante dessa situação, o Sindicomerciários Caxias está mobilizado em defesa das medidas que protejam a vida e busca estabelecer diálogo e negociação permanentes com os setores patronais locais para que sejam asseguradas as condições de empregabilidade e renda da categoria comerciária nesse período no qual só podem funcionar os setores essenciais e diversos estabelecimentos do comércio tem de fechar.

NOSSAS PROPOSTAS

O presidente do Sindicomerciários Caxias, Nilvo Riboldi Filho, destaca a disposição para o diálogo com os empresários, para construir medidas conjuntas, e que o modelo de Convenção Coletiva já firmado para tratar da pandemia, em outubro de 2020, traz vários dispositivos importantes para a preservação dos empregos e da renda, tais como o banco de horas negativo para que as horas não trabalhadas sejam compensadas em outras oportunidades sempre que o comércio for fechado por força de lei, a antecipação de até duas férias e até a redução de jornada com redução de salários, em condições excepcionais. “Porém, são medidas que só fazem sentido se houver a garantia da manutenção dos postos de trabalho, porque não podemos admitir que o custo da crise recaia novamente sobre os ombros dos trabalhadores e de suas famílias”, acentua Nilvo.

Nilvo lembra que a categoria comerciária tem estado na linha de frente desde o início da pandemia garantindo o funcionamento do comércio e o abastecimento para a população, isso nem sempre nas condições ideais de proteção à saúde dos profissionais. “Segundo a maioria dos estudos realizados no Brasil, a categoria comerciária sempre está entre as mais atingidas pelo contágio do coronavírus”.

NEGACIONISMO NÃO AJUDA

Para o Sindicomerciários a postura do governo federal não tem sido adequada, seja porque nega a doença e se mostra incapaz de realizar uma ampla e rápida vacinação da população – única saída para vencer a doença; seja porque não compreende a necessidade de apoio e investimento direto na economia para que empresários e trabalhadores não fiquem desprotegidos diante da calamidade da pandemia.

Neste sentido, as prioridades do Sindicato – junto da proteção da vida, do emprego e da renda da categoria – também é pela VACINA JÁ e auxílio-emergencial para atender os milhares de desempregados e autônomos que estão sem renda nesse momento.

#SindicomeriariosCaxias88anos

#todoscuidamdetodos

#tamojunto

Comerciários

Posts Relacionados