• 29 de maio de 2022

NOTA DA CTB RS SOBRE SUSPENSÃO DO USO DE MÁSCARAS PARA CRIANÇAS DE ATÉ 12 ANOS

 NOTA DA CTB RS SOBRE SUSPENSÃO DO USO DE MÁSCARAS PARA CRIANÇAS DE ATÉ 12 ANOS

Nossas crianças merecem respeito!

Em pleno fim de semana, no momento da retomada das aulas presenciais e ainda distantes do controle da pandemia da Covid19, o governador Eduardo Leite publicou, no dia 26/02/2022, o Decreto nº 56.403 suspendendo a obrigatoriedade do uso de máscaras para crianças com até 12 anos de idade.
Tal atitude requer explicações que as justifiquem, visto se analisarmos os dados epidemiológicos, taxa de imunização, dentre outros fatores, com base na ciência, nos deparamos na contramão de postura e conduta de chefe de estado.
Dados da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul, em 23/02/2022, notificavam 2.124.000 casos no Estado, baixa cobertura vacinal para a faixa etária de 5 a 11 anos (43,9%). Somado o fato de mais uma vez o sistema estar por colapsar e de se ter uma oferta de leitos pediátricos muito baixos.
Em todo o ano de 2021 foram registradas 20 mortes de crianças, por covid19, até 12 anos de idade, com aumento de 150% em relação a 2020, com oito vítimas fatais, sendo 4 mortes em janeiro de 2022. O Estado totalizava, até 31/01/2022, 32 mortes nessa parcela da população.
Esta dura realidade não condiz com o previsto no decreto estadual. O governo do estado do RS vai permitir mais vidas perdidas de crianças?
Soma-se o fato de estudos, como de Harvard, outubro/2021, que constatou que as crianças têm capacidade de transmissão da covid19 igual de adultos, além de terem sequenciado as amostras do vírus coletadas em crianças e descobriram que a presença das variantes era representativa das proporções gerais encontradas no país. Para os pesquisadores, isso significa que elas podem agir como “reservatórios” para a evolução de novas mutações, uma vez que não estão vacinadas e muitas vezes têm casos leves que não são identificados.
O que se espera do governador do RS é o protagonismo de se somar aos municípios na distribuição ampla de máscaras PFF2/N95, na realização de testagem em massa, campanhas educativas em todos os canais e mídias sociais, e articulando para que todas as orientações possíveis cheguem ao território, junto às cidadãs e cidadãos.
A CTB RS, no seu compromisso em atuar pela manutenção e ampliação dos direitos sociais, o efetivo direito à saúde, na defesa do SUS e da implementação de políticas públicas a favor das vidas se manifesta ao governo do estado do RS que revogue a liberação do uso de máscaras em crianças com até 12 anos e faça a escuta das entidades científicas e o controle social do SUS.
CTB/RS, 1 de março de 2022.

Comerciários

Posts Relacionados