• 24 de julho de 2021

Nissan, Renault e Toyota também vão parar devido à pandemia

 Nissan, Renault e Toyota também vão parar devido à pandemia

Volks, Mercedes e Scania também haviam decidido suspender a produção

Por Redação RBA

A Nissan, a Renault e a Toyota também anunciaram, nesta quinta-feira (25), a suspensão de produção devido à pandemia do coronavírus. Com isso, já são seis as montadoras que decidiram interromper atividades. No caso da Nissan, a parada começa amanhã e vai até 9 de abril, com retorno no dia 12, segunda-feira. A empresa tem fábrica em Resende (RJ).

Segundo comunicado da Nissan, a medida busca “garantir a segurança de seus funcionários como parte do esforço de reduzir o impacto da pandemia, adaptar a empresa ao cenário atual dos desafios enfrentados pelo setor automotivo e garantir a continuidade do negócio”.

Na fábrica da Renault, em São José dos Pinhais (PR), a parada começa na próxima segunda-feira (29), com retorno em 5 de abril, conforme acertado com o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba. A Toyota para na mesma data, com retorno previsto para o dia 5 em São Bernardo, Porto Feliz e Sorocaba, e no dia seguinte em Indaiatuba.

Antes, haviam comunicado decisão similar a Volkswagen, com quatro fábricas no país, a Mercedes-Benz, com duas, e a Scania. As paradas nas fábricas de São Bernardo (Volks e Scania) foram negociadas com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Além de São Bernardo, a Volks tem unidades em Taubaté (SP), São Carlos (SP) e São José dos Pinhais (PR).  Já a Mercedes tem as fábricas do ABC e de Juiz de Fora (MG). Inicialmente, os metalúrgicos tentaram negociar com o sindicato patronal (Sinfavea), para então iniciar conversações caso a caso.

Comerciários

Posts Relacionados