• 12 de abril de 2024

FECOSUL firma parceira em projeto social com o grupo Cuidado Que Mancha

 FECOSUL firma parceira em projeto social com o grupo Cuidado Que Mancha

Na manhã dessa terça-feira, 08, a diretoria da Fecosul, representada pelo Presidente Guiomar Vidor, o tesoureiro Paulo Pacheco, o secretario de Relações do Trabalho Luiz Fernando Lemos e o Presidente do Sindicato dos Comerciários de Caxias do Sul,  Nilvo Riboldi Filho, recebeu a diretora  do Grupo Cuidado Que Mancha, Raquel Grabauska.  No encontro foi assinado o Termo de Cooperação que oficializa a parceria para a execução dos projetos Mãos de Mães e Cuidado Que Lancha nos bairros São José e Restinga, além da sede do grupo.  

O projeto Mãos de Mãe tem por objetivo a realização de três oficinas de capacitação profissional de empreendedorismo. Durante a capacitação  enquanto as mães aprendem atividades como fazer pães, brinquedos artesanais e geleias, seus filhos ficam aos cuidados de artistas e educadores do projeto. O projeto pretende atingir a capacitação de 30 mães e o acolhimento de 90 crianças durante o período de capacitação. Durante a realização do curso será oferecido as participantes e seus filhos café da manhã e almoço e no final da realização dos cursos as mães receberão cesta básica.

O segundo  projeto, o Cuidado que Lancha distribuirá 200 marmitas quinzenalmente. As quentinhas são preparadas e distribuídas pela equipe da casa. Nas edições do Mãos de Mães, realizados  fora da sede do Cuidado Que Mancha, será promovido um dia especial de conexão com o projeto Cuidado Que Lancha, com a distribuição de 200 refeições para os moradores das duas comunidades, sendo 100 refeições em cada comunidade. A alimentação será preparada com o apoio das participantes do Mãos de Mães e de voluntários das comunidades. As distribuições de alimentação no bairro Restinga serão realizadas na Casa da Mãe Joana e, na Vila São José, em parceria com o projeto Sorobô.

Para o presidente da CTB RS, Guiomar Vidor, contribuir para atividades sociais desenvolvidas a favor das comunidades mais carentes é gratificante e faz parte da  solidariedade de classista.

Fonte: Fecosul

Comerciários

Posts Relacionados