• 8 de fevereiro de 2023

Em última reunião do ano, Conselho de Representantes da Fecosul debate desafios para 2023

 Em última reunião do ano, Conselho de Representantes da Fecosul debate desafios para 2023

A Fecosul realizou no dia 1º de dezembro sua última reunião do Conselho de Representantes sindicais de 2022 com grande participação dos sindicatos filiados à federação. O encontro teve palestra sobre “Negociação Coletiva e os Processos de  Dissídios Coletivo” e, após, aprovação da prestação de contas do ano de 2021 e a previsão orçamentária do ano de 2023.


O Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho, Luiz Alberto de Vargas, foi o convidado para o primeiro tema: “Negociação Coletiva e os Processos de  Dissídios Coletivo”. O magistrado apresentou o tema e esclareceu os representantes sindicais sobre o entendimento da Seção de Dissídios Coletivos, SDC, sobre os processos as novas perspectivas diante do debate que acontece no cenário nacional com a eleição do novo governo.
Vargas também falou sobre a importância do fortalecimento da Justiça do Trabalho e dos sindicatos, para que o trabalhador possa ter seus direitos garantidos.

MOÇÃO
Ao final, os presentes aprovaram uma moção de desagravo e solidariedade ao magistrado que foi alvo de denúncia no Superior Tribunal de Justiça, por ter defendido publicamente a Constituição Federal e o Estado Democrático de Direito frente às ilegalidades e aos ataques promovidos pela extrema direita no último período no Brasil. Segundo o presidente da Fecosul, Guiomar Vidor, é inaceitável perseguir um magistrado pelo fato de ele ter defendido a Constituição, o que é sua obrigação.

APROVAÇÃO DAS CONTAS
A reunião terminou com a aprovação, por unanimidade, da prestação de contas do ano de 2021 e a previsão orçamentária do ano de 2023.
Além disso, foi apresentada pela  assessoria de comunicação, através do Jornalista Clomar Porto, as linhas gerais da próxima campanha salarial unificada. Esta deve ser lançada no inicio do mês de março do próximo ano.

Comerciários

Posts Relacionados