• 29 de maio de 2022

Desumanidade: empresários seguem defendendo reajuste zero e extinção do piso regional

 Desumanidade: empresários seguem defendendo reajuste zero e extinção do piso regional

Em reunião sobre a necessidade de reajuste do Salário Mínimo do RS, o “Piso Regional”, ocorrida nessa quarta-feira, 30, os empresários representados pela FECOMÉRCIO, FARSUL e FIERGS, defenderam o reajuste zero, ou seja, a extinção do dispositivo que atende mais de 1,5 milhão de trabalhadores e trabalhadoras no RS. CTB RS e centrais defendem reajuste de 15,8%.

A direção da CTB RS lamenta a postura atrasada dos empresários que desconhecem a necessidade de recuperar a renda dos trabalhadores e trabalhadoras que arriscaram suas vidas na pandemia e vêm perdendo poder aquisitivo com a inflação em alta no país.

A CTB defende a construção de uma política permanente de valorização do piso regional e acredita que não é com a super exploração da mão de obra que o Estado e o país irão superar a crise. Ao contrário, o caminho é a valorização do trabalho e da renda, para enfrentar a brutal desigualdade que tem gerado tanto desalento às famílias trabalhadoras.

A CTB espera que a pauta evolua melhor nas próximas reuniões, e irá solicitar ao governador Ranolfo, que está assumindo o Governo, para que encaminhe um reajuste de 15,% à ALRS, que corresponde as perdas inflacionárias.

Fonte: CTB-RS

Comerciários

Posts Relacionados