• 27 de maio de 2024

CTB e centrais pedem ao governador urgência e 10,5% de reajuste para o Salário Mínimo Regional

 CTB e centrais pedem ao governador urgência e 10,5% de reajuste para o Salário Mínimo Regional

O Fórum das Centrais Sindicais entregou pedido ao Governador Eduardo Leite, na tarde desta segunda-feira, 04, para que coloque em regime de urgência a tramitação do Projeto de Lei entregue à Assembleia Legislativa em junho, que trata do reajuste do Salário Mínimo Regional. Além disso, reivindicam 10,5% de aumento ao invés dos 9% propostos pelo executivo.

O piso regional já conta com sete meses de atraso no seu reajuste, já que a data-base é um fevereiro. O dispositivo atende mais de 1,5 milhão de trabalhadores e trabalhadoras no Rio Grande do Sul.

As centrais reclamam da morosidade no PL no parlamento e se contrapõem a posição dos empresários que se manifestam pelo fim do salário mínimo gaúcho.

VEJA O DOCUMENTO NA ÍNTEGRA:

Comerciários

Posts Relacionados