TODAS AS CONVENÇÕES COLETIVAS DOS COMERCIÁRIOS DE CAXIAS FECHARAM COM REPOSIÇÃO DA INFLAÇÃO E MANUTENÇÃO DE DIREITOS

WhatsApp Image 2019-07-30 at 10.43.25

Mesmo em um ano difícil para os trabalhadores e trabalhadoras, com muitas ameaças aos direitos, o Sindicomerciários Caxias conseguiu concluir com bons resultados as negociações de todos os segmentos da categoria comerciária que representa: garantiu-se a manutenção dos direitos das Convenções Coletivas e a reposição da inflação nos salários. O percentual de 3,31% deverá ser pago ainda na folha de agosto. Em alguns setores, foi possível conquistar aumento real nos pisos e verbas (veja as tabelas abaixo). O Sindicato representa, ao todo, nove segmentos.

Outro destaque foi que as negociações ocorrem com mais celeridade. Para os trabalhadores de mercados e lojas, os maiores setores da categoria, o acordo fechou ainda dentro do mês da data-base, que é julho. Os demais sete setores tiveram aprovação dos acordos coletivos em agosto. Isto foi uma vitória importante porque os ganhos entram mais cedo no contracheque do trabalhador e os direitos da Convenção Coletiva, cujo prazo expira sempre na data-base, não ficam sem validade por demora nas negociações.

NOSSA CONVENÇÃO COLETIVA

A principal vitória neste ano foi a manutenção dos nossos direitos da Convenção Coletiva. São mais de 50 direitos que a categoria tem e que a nova Lei Trabalhista não garante. Entre eles o piso da categoria, auxílio-creche, quinquênio e triênio.

Um exemplo desses direitos é a cláusula que nos garante o pagamento pelo trabalho realizado nos domingos e feriados. Esta cláusula, que esteve ameaçada pela Medida Provisória 881 do governo, mas que não passou no Senado, segue valendo para a categoria comerciária de Caxias graças ao Sindicato e a Convenção Coletiva.

Para Nilvo Riboldi, presidente do Sindicomerciários, “fechar todas as convenções ainda em agosto foi uma vitória importante”. Ele acrescenta que a manutenção dos direitos da Convenção Coletiva é crucial porque protege a categoria de muitos dos retrocessos da Reforma Trabalhista. “Esta reforma trabalhista, assim como a da Previdência, foi apresentada pelo governo como solução para gerar empregos, mas o que vimos foi a retirada de nossos direitos e menos empregos ainda. Elas apenas precarizam o trabalho e desprotegem o trabalhador. Por isso temos que seguir unidos resistindo, ao lado do Sindicato”, concluiu.

Veja abaixo a tabela com os pisos e benefícios atualizados:

Atacados:
Piso salarial para comissionados: R$ 1.720
Piso salarial geral: R$ 1.323
Piso salarial de experiência (60 dias): R$ 1.251
Salário Office-boy e menor aprendiz: R$ 1.157
Quinquênio: R$ 109,71
Triênio: R$ 27,43
Auxílio Creche: R$ 268,10

Prêmio por domingo trabalhado: R$ 53,00, para salário base inferior a R$ 1.580,00; R$ 63,00, para salário base superior a R$ 1.580,00, para jornada de sete horas e vinte minutos. Para trabalho com carga horária menor, o valor será pago proporcional, sendo que no mínimo, o correspondente a três horas e meia (R$ 29,00 e R$ 33,00).

Prêmio por feriado trabalhado R$ 86,00, para salário base até R$ 1.446,00; R$ 100,00, para salário base superior a R$ 1.446,00 até R$ 1.780,00; R$ 120,00 para salário base superior a R$ 1.780,00.

Atacado de madeiras:
Piso salarial para comissionados: R$ 1.720
Piso salarial geral: R$ 1.323
Piso salarial de experiência (60 dias): R$ 1.251
Salário office-boy e menor aprendiz: R$ 1.157
Quinquênio: R$ 109,71
Triênio: R$ 27,43
Auxílio Creche: R$ 268,10

Atacados de álcool e bebidas:
Piso salarial para comissionados: R$ 1.720,00
Piso salarial geral: R$ 1.323,
Piso salarial de experiência (60 dias): R$ 1.251
Salário office-boy e menor aprendiz: R$ 1.157
Quinquênio: R$ 116,85
Triênio: R$ 30,20
Auxílio Creche: R$ 308,30

Farmácias:
Piso salarial para comissionados: R$ 1.727
Piso salarial geral: R$ 1.328
Piso salarial de experiência (60 dias): R$ 1.255
Salário Office-boy e menor aprendiz: R$ 1.161
Quinquênio: R$ 116,84
Triênio: R$ 30,20
Auxílio Creche: R$ 308,30

Peças e acessórios para veículos:
Piso salarial para comissionados: R$ 1.796,00
Piso salarial geral: R$ 1.381,00
Piso salarial de experiência (60 dias): R$ 1.220
Quinquênio: R$ 138,10; Auxílio Creche: R$ 345,25

Siderúrgicos:
Piso salarial para comissionados: R$ 1.978
Piso salarial geral: R$ 1.521
Piso salarial de experiência (30 dias): R$ 1.237
Salário Office-boy: R$ 1.237
Quinquênio: R$ 152,10
Triênio: R$ 38
Auxílio Creche: R$ 381,00

Obs: Mercados, lojas e lojas para São Marcos já haviam sido fechados: