Sindicomerciários Caxias lança nova campanha de sócios

Capturar

No último dia 14 de março, o Sindicato dos Empregados no Comércio (Sindicomerciários), que representa os trabalhadores comerciários de Caxias do Sul, São Marcos, Nova Pádua, Flores da Cunha e os caxienses, reuniu em seu auditório os diretores da entidade, sindicatos e imprensa local para o lançamento de sua nova campanha de sócios. Também estiveram presentes os representantes da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Coordenação Nacional de Lutas (Conlutas) e Movimentos Sociais.

Na apresentação da nova campanha de sócios, Nilvo Riboldi Filho, presidente do Sindicomerciários, falou que convidou os movimentos sindicais para conhecer a nova campanha ciente de que estamos vivendo numa nova situação, quando o movimento terá que se reinventar, devido à grande perseguição do governo aos sindicatos, visando o enfraquecimento das entidades de representação dos trabalhadores e retirada dos direitos. “Quanto mais trabalhadores sindicalizados, mais condições de lutar contra essa ofensiva contra os trabalhadores teremos, e poderemos continuar a prestar os atendimentos médicos de clínico geral, psicólogos, psiquiatras, pediatras, dentistas, entre outros, que realizamos com valores subsidiados aos trabalhadores da categoria, além do atendimento jurídico e trabalhista.” “São mais de 30 mil atendimentos por ano”, concluiu Nilvo.

Guiomar Vidor, presidente da CTB e da Federação dos Empregados no Comércio de Bens e Serviços do RS (Fecosul), em sua participação, salientou a importância que o sindicato caxiense está fazendo, e fez um resgate do momento em que vivemos de “regressões civilizacionais mundiais, e, em nosso país, uma forte ofensiva aos direitos dos trabalhadores, iniciada com a Emenda Constitucional 95, que congelou os investimentos por 20 anos na saúde, educação e segurança. Após, tivemos a aprovação da Reforma do trabalho, que nos trouxe grandes retrocessos e, como já está provado, não gerou nenhum dos empregos que foram prometidos. Somente gerou o enfraquecimento das relações de trabalho e iniciou a perseguição às entidade sindicais. Agora, além de acabar com o Ministério do Trabalho, ameaçam acabar com a Justiça do Trabalho e, impõe medidas para enfraquecer os sindicatos, justamente no momento em que o trabalhador mais precisa de representação forte, quando o negociado se sobrepõem ao legislado. Atacam a fonte de recursos das entidades sindicais, visando a sua inviabilização. E, é nesta conjuntura, que enquanto não revogarmos, lutando na justiça, a Medida Provisória (MP) 873, que impõe novas restrições ao financiamento das entidades sindicais, os sindicatos precisam buscar novos associados, para não terem que parar de oferecer os serviços e a lutar pela defesa dos trabalhadores”. “Somado a isso, a Reforma da Previdência, da maneira que foi proposta, vai inviabilizar uma aposentadoria digna aos trabalhadores”, finalizou.

Ivanir Perrone, vice-presidente do Sindicomerciários, salientou a importância de trazer novos sócios para o sindicato, para poder manter os mais de 30 mil atendimentos médicos e odontológicos oferecidos, subsidiados, onde com uma pequena diferença de apenas R$ 10 reais, por exemplo, uma mãe comerciária pode levar seu filho a um pediatra. “Precisamos ampliar o nosso número de associados, para que, dentro dos proximamente 23 mil trabalhadores no comércio de Caxias do Sul, Nova Pádua, Flores da Cunha e São Marcos, tenhamos o apoio para continuar a luta e a assistência médica, mesmo sabendo que a assistência médica é uma obrigação do governo. Mas todos sabemos que se depender somente do governo não se consegue! Temos ainda a intenção de inaugurar nos próximos seis meses a nova sede do sindicato, que possibilitará um atendimento ainda melhor. Mas, depende de cada comerciário e comerciária saberem que tipo e, o tamanho da atuação que esperam do seu sindicato! O sindicato é feito de cada trabalhador. Precisamos do apoio e da contribuição e cada comerciário!”

A nova campanha de sócios do Sindicomerciários está entrando no ar nessa semana, nas redes sociais e nas rádios. A ênfase dada está em todos os serviços que os comerciários recebem com uma contribuição de apenas R$ 26 reais por mês: pediatria, clínico geral, psicologia, psiquiatria, odontologia, atendimento jurídico e trabalhista, sede campestre, além dos aproximadamente 100 especialistas conveniados. Junto aos atendimentos, se soma a luta pelos direitos dos trabalhadores, como as negociações coletivas, que garantem direitos aos trabalhadores como o auxílio-creche, piso da categoria, prêmios por trabalho aos domingos e feriados, triênios e quinquênios. “Neste momento, em que querem que os trabalhadores negociem sozinhos seus direitos com os patrões, ter um sindicato forte é fundamental, pois com um sindicato forte, o trabalhador nunca ficará sozinho!”, conclui Nilvo.

Centrais sindicais convocam para ato contra a Reforma da Previdência dia 22 de março

Durante o evento de lançamento da nova campanha do Sindicomerciários Caxias, os representantes das centrais sindicais, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Coordenação Nacional de Lutas (Conlutas) e Movimentos Sociais, convocaram a todos para o grande ato nacional de protestos contra a Reforma da Previdência, nesta sexta-feira, 22 de março, que em Caxias do Sul terá vigília durante todo o dia na Praça Dante Alighieri, com ato público, às 17 horas, e, seguindo para o debate “Mulheres unidas contra a Reforma da Previdência”, com a Juíza do Trabalho do Tribunal Regional do Trabalho, Dra. Valdete Souto Severo, e a líder feminista Abigail Pereira, no auditório de Eventos do Tri Hotel, às 19 horas.

#Sindicomerciarios

#FortalecaQuemGaranteSeusDireitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *