Comerciários recebem palestra de prevenção ao câncer de próstata

IMG_6186

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Caxias do Sul (Sindicomerciários) realizou dia 13 de novembro, como parte das atividades do Novembro Azul, palestra de prevenção ao câncer de próstata.

Para a realização da palestra, realizada no auditório da entidade, foram convidados a Dra. Aline Caldart Tregnago e o Dr. Floriano Riva, médicos patologistas do CPM. No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele. São aproximadamente 70 mil novos casos por ano, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA). A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Ela é um órgão muito pequeno, tem a forma de maçã e se situa logo abaixo da bexiga.

Os palestrantes explicaram os principais sintomas do câncer de próstata, fatores de risco, exames e tratamentos, ressaltando que 1 em cada 6 homens pode ter este tipo de câncer e,  nove a cada dez casos têm até 90% de chances de cura se forem diagnosticados cedo. Entre os sintomas estão:

– Jato fraco ao urinar

– Dificuldade em iniciar e manter o fluxo de urina

– Vontade de urinar com muita frequência

– Dificuldades em segurar a urina

Para diagnosticar a doença, é importante a realização de exames com frequência de acordo com seus grupos e fatores de riscos, a partir dos 45 ou 50 anos.  O diagnóstico é feito através de dosagem de PSA no sangue, toque retal ou biópsia de próstata. Entre os fatores de risco estão a etnia da pessoa, histórico familiar, idade, uso de bebida e cigarro, obesidade ou sobrepeso.

Para Sílvio Frasson, presidente do Sindicomerciários Caxias, “a parceria com empresas como o Centro de Patologia Médica, é fundamental para a realização deste tipo de atividade de prevenção. Somente no ano passado, 2017, quase 30 homens morreram em Caxias do Sul só por causa deste tipo de Câncer.” Sílvio também pondera, que, ao contrário do que se imagina, uma grande parte dos trabalhadores do comércio são homens. E, que, infelizmente, a maioria dos homens demora a procurar atendimento médico. “Quando falamos de câncer, quanto antes o paciente for diagnosticado e tratado, as chances de salvar sua a vida sempre serão sempre maiores”, conclui.

Assista a palestra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *