Acordo coletivo: Comerciários do setor de peças têm reajuste acima da inflação

Captura de Tela 2017-11-10 às 13.24.35

Cláusulas sociais permanecem na Convenção 2017/2018

 

O Sindicato dos Empregos do Comércio de Caxias do Sul – Sindicomerciários – e o Sindicato do Comércio Varejista de Veículos e de Peças e Acessórios para Veículos no Estado do Rio Grande do Sul – Sincopeças RS – fecharam o acordo coletivo 2017/2018, nesta quinta-feira (09), para os comerciários do setor. O reajuste salarial teve aumento real e ficou em 2.70%, retroativo à data-base. As cláusulas sociais, estabelecidas no acordo anterior, foram reafirmadas.

“É importante destacar que além de conquistarmos um aumento real para a categoria, conseguimos manter as cláusulas sociais como, por exemplo, auxílio creche, auxílio escolar, quinquênio, piso para comissionados e pré-aposentadoria de 12 meses. Isso diante da pressão patronal e da reforma trabalhista prestes a entrar em vigor”, avalia Silvio Frasson, presidente do Sindicomerciários.

A convenção coletiva dos comerciários do setor de peças vale para Caxias do Sul, Nova Pádua, Flores da Cunha e São Marcos.

 

Demais valores:

Mínimo profissional: R$ 1.284,00

Mínimo comissionado: R$ 1.670,00

Comissionado e vendedor com mais de 2 meses: R$ 1.670,00

Salário experiência – 60 dias: R$ 1.134,00

Quinquênio: R$ 128,40

Auxílio creche: R$ 321,00

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *