Sindicomerciários promove encontro para analisar reforma trabalhista

0001

Na manhã desta quarta-feira (8), o Sindicomerciários Caxias recebeu contadores e funcionários de recursos humanos do comércio para um bate-papo sobre a reforma trabalhista. O encontro teve como tema O impacto da reforma trabalhista nas relações de trabalho nos escritórios de contabilidade e empresas do setor de comércio. O objetivo foi esclarecer pontos da nova lei (Lei nº 13.467 de 13 de julho de 2017), que alterou a Consolidação das Leis do Trabalho, e entra em vigor no próximo sábado (11).

Joelto Frasson, advogado da Fecosul, Fernando Lemos, professor de Ciências Contábeis da Faculdade Porto-Alegrense e presidente do Sindicato dos Empregados em Escritórios e Empresas Contábeis do Rio Grande do Sul – Sindesc – e Hermogenes Secchi, advogado do Sindicomerciários, falaram sobre as mudanças trabalhistas e os pontos obscuros da Lei 13.467. Pontos que não estão detalhados nos itens dessa reforma, mas que devem surgir como dúvidas para os trabalhadores, profissionais de RH e contadores, conforme surgir as situações do dia a dia.

 

“Não há solução ou respostas para todos os questionamentos em relação a nova lei. O que temos é o nosso posicionamento referente a categoria que representamos. Algumas dúvidas ainda devem surgir a partir de segunda-feira. Também porque é uma lei que não temos certeza se vai vigorar na íntegra, visto que foi assinalado pela Câmara dos Deputados que uma Medida Provisória poderia ser sancionada, revendo os pontos mais polêmicos dessa reforma”, avaliou Frasson.

Já Secchi acredita que o principal propósito da aprovação da reforma foi favorecer os empresários: “A finalidade da nova lei é que o negociado prevaleça sobre o legislado. Mudou a hierarquia. Tudo isso para beneficiar o empregador”, resumiu o advogado.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *