Outubro rosa: Um mês dedicado a conscientização sobre o câncer de mama

capa_face

Em prol da saúde da mulher comerciária, Sindicomerciários participa, mais uma vez, da campanha Outubro Rosa

 

A melhor forma de combater o câncer de mama é diagnosticando precocemente. Para isso, é importante que a mulher consulte seu ginecologista regularmente e conheça seu corpo. Assim, ela consegue identificar quando há mudanças que são normais nas mamas, ou quando há algo diferente. No Brasil, a recomendação do Ministério da Saúde, para mulheres entre 50 a 69 anos, é fazer uma mamografia de rastreamento a cada dois anos. Esse exame pode detectar um tumor ainda em estágio inicial e imperceptível. Há ainda a mamografia diagnóstica que pode ser solicitada em qualquer idade. Para saber os prós e contras de cada tipo de mamografia, a melhor solução é ouvir a opinião do seu médico.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva – INCA – um em cada três casos de câncer pode ser curado se for descoberto logo no início. O câncer de mama, que é o resultado da multiplicação anormal das células da mama, formando um tumor que pode invadir outros órgãos, é o tipo mais comum no Brasil (depois do câncer de pele) e o que causa mais mortes em mulheres. Mas, também é possível reduzir o risco de ter a doença, à medida que a mulher mantém seu peso corporal adequado, pratica atividade física e evita o consumo de bebidas alcoólicas. A amamentação também é um fator protetor.

“Nós do Sindicomerciários estamos sempre preocupados com a saúde da mulher. Por isso, sempre nos engajamos na campanha Outubro Rosa. Nosso papel é conscientizar as comerciárias da importância de se cuidar. A saúde está em primeiro lugar”, afirma a vice-presidente do Sindicomerciários, Silvana Ferraz. A diretora inquieta-se com a situação atual do país, onde o governo ilegítimo de Michel Temer congelou gastou através da PEC 241: “O congelamento de gastos interfere na saúde das mulheres brasileiras, a partir do momento que o governo deixa de investir em saúde, sucateando o SUS, e também em educação, quando deixa de investir em pesquisas que poderiam salvar vidas”, alerta Silvana.

 

Outubro rosa, a campanha

Para chamar a atenção para a realidade do câncer de mama e conscientizar sobre prevenção, combate e formas de tratamento, e, principalmente, a importância do diagnóstico precoce, o movimento mundial Outubro Rosa ocorre desde a última década do século XX. Iniciou quando o laço cor-de-rosa foi distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura pela Fundação Susan G. Komen, realizada em Nova Iorque, em 1990. Posteriormente, surgiu a ação de iluminar de rosa prédios públicos e monumentos. Popularmente conhecida em todo o mundo, a campanha estimula a participação de entidades, empresas e a população em geral.

 

Sintomas do câncer de mama

  • Caroço (ou nódulo) fixo e geralmente indolor
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja
  • Alterações no bico do peito (mamilo)
  • Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço
  • Saída de líquido anormal das mamas

Essas alterações precisam ser investigadas o quando antes, mas podem não ser câncer de mama.

Fonte: Cartilha Câncer de Mama INCA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *