CTB se reúne com o Ministro do Trabalho para discutir representação dos comerciários do Rio

00-mte-ministerio-do-trabalho-e-emprego

Na última quarta-feira (30), dirigentes da CTB se reuniram com o Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, para cobrar uma resposta para o problema da representação dos trabalhadores e trabalhaoras comerciários do Rio de Janeiro.

Participaram do encontro Adilson Araújo e Wagner Gomes, presidente e secretário-geral da CTB, respectivamente.

Durante o encontro, os sindicalistas colocaram na mesa a questão da criação do sindicato fantasma Sind$uper, uma entidade orientada pelo setor patronal.

“A tentativa de divisão da base dos comerciários por um grupo de prepostos a serviço dos empresários vem dificultando as negociações da campanha salarial. Deixamos registrado, mais uma vez, a nossa discordância com a forma e o conteúdo. O Ministro mais uma vez confirmou que tomará uma decisão contra as arbitrariedades dos prepostos do Sindsuper. Seguiremos na luta!”, afirmou Adilson Araújo, presidente nacional da CTB.

Além das irregularidades para a criação do sindicato pirata e a questão da representação da categoria, a tentativa de criação do Sind$uper atrasa a assinatura das convenções coletivas com sindicato que representa os supermercados e, consequentemente, a concessão do reajuste salarial aos trabalhadores.

“O ministro se comprometeu a reverter a suspensão da carta sindical do Sindsuper devido a várias regularidades constantes no processo de criação desse sindicato”, afirmou o secretário-geral, Wagner Gomes que aguarda uma decisão do ministro nos próximos dias.

 

CTB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *